Where is the love?....


Hoje estava vindo trabalhar... Ouvindo música no rádio e percebi que tocou pelo segundo dia consecutivo uma música que não é nenhum lançamento. Achei estranho... Enfim, a questão é que a bendita música ficou na minha cabeça.. E lá foi a Silvia atrás de compreendê-la.

Estou falando da música "Where is the love" [Onde está o Amor] - do grupo Black Eyed Peace. Esta música fala sobre o amor humano contra o terrorismo, a fome, a morte e o sofrimento de milhões de pessoas ao redor do mundo.. Bem interessante..

Ai eu, como sempre, comecei a pensar né..rs.. Como você lida hoje em dia com o amor??????????????

Fui atrás do dicionário Michaelis, e achei a seguinte definição para o amor: " Sentimento que impele as pessoas para o que se lhes afigura belo, digno ou grandioso. Afeição, grande amizade, ligação espiritual. Benevolência, carinho, simpatia.... ". E a lista segue... Também quis saber o significado de outra coisa, o Amor Próprio e achei o seguinte no Wikcionário: "sentimento de dignidade, estima ou respeito que cada qual tem por si mesmo, admiração ou orgulho excessivo de si mesmo; vaidade.."

Continuei pensando e percebi que hoje em dia, mesmo depois de tantos anos da existência da humanidade, ainda temos uma enorme dificuldade para expressarmos este sentimento com os outros e à nós mesmos.

Pensando.. Fui me questionando sobre as nossas atitudes... São tantas as coisas que podemos fazer e não fazemos.. Ou mesmos quando fazemos e não somos reconhecidos ou lembrados que acabam nos entristecendo e tirando a vontade de continuar..

É tão difícil nós abrirmos mãos das nossas próprias vontades para que outras pessoas possam se beneficiar... Nos negar.. Nos sacrificar por alguém...

Claro que não é todo mundo que pode colaborar de alguma forma para o combate ao crime, ou a fome, mas são tantas as coisas que podemos fazer por nossa família e/ou amigos, mas simplesmente ignoramos...

Quantas vezes já quisemos entregar nossa própria vida em prol de outra pessoa? Quantas vezes pensamos em morrer por alguém? Por desejarmos o bem desta pessoa, por querer que ela não sofra..

Acho que se todos pensassem mais com o amor, não haveria divórcio, ou filhos abandonados, sem pai ou mãe, crianças cresceriam em ambientes saudáveis e agradáveis, pais e filhos não brigariam, irmãos não se afastariam, famílias não seriam destruídas, filhos não seriam perdidos, não haveria tanta tristeza no mundo que você pode evitar se simplesmente se negar... Negar as suas vontades...

Mas as nossas vontades não são tão importantes quanto a dos outros? Se não fosse, tudo seria muito injusto nesta vida. Porém não podemos impor as nossas vontades sobre os outros, não é? Imaginem eu chegando para o CEO da Google e dizendo: "A partir de segunda-feira sou o mais novo funcionário desta empresa."..r.s. não rola né...

Infelizmente não é porque temos amor que seremos felizes, talvez possamos ter uma melhor convivência com as outras pessoas ou nós mesmos.. Aliás, quem consegue impor as suas vontades para outras pessoas? Ninguém.. A questão é que se distribuirmos amor, talvez tenhamos sorte de um dia também recebermos este amor.. Daí a gente percebe que isto é bom, que vale a pena e também aprende que não é a pior coisa do mundo.

Será que a gente consegue fazer isto? Será que temos esta capacidade? Podemos provar que ainda existe amor dentro de nós? Será que é possível demonstrar um pouco deste sentimento pelo menos às pessoas que estão próximas? Será que um dia poderemos dizer onde está o amor indicando assim a nós mesmos?

Pense.. Reflita.. Decida.. AME..................

Assista aqui o clipe da música: http://www.youtube.com/watch?v=MJpyskHMwRs

Comentários

Thomaz Ribeiro disse…
Ah, Sílvia, amar é um verbo tão complicado! Há tanta coisa errada no mundo, que as falando até me sinto infantil. Infelizmente as atitudes simples nos parecem sempre as mais difíceis.
Abraços.
Lua disse…
Essa musica é linda!

Postagens mais visitadas deste blog

Família é Família... Agregados também!!!