Tudo o que precisamos... é de seres humanos...

Pessoal... Perdoem minha ausência... Estou trabalhando tanto que quase sem tempo de escrever... E quando chego em casa, aff.. O cansaço toma conta... Mas eu preciso falar disto...

Sábado estava em casa, sem fazer nada o dia todo.. e fui me meter a assistir aquele filme da Globo que passou a tarde – Quando o Amor acontece. O filme é lindo... E muito triste...

A esposa que fica sabendo que o marido a está traindo com sua melhor amiga.. Pega sua filha e se muda para a cidade natal para o lar de sua mãe.. Triste e deprimida com toda a situação, se vê obrigada a conviver com pessoas que ficam o tempo todo relembrando a cena da traição [a descoberta foi transmitida em rede nacional através de um destes programas como Márcia Goldschmidt]. Enfim... Procura emprego para tentar ocupar sua mente.. Mas não consegue aliviar sua tristeza e se sente como se esta a estivesse perseguindo continuamente... Quando enfim ela ouve sua mãe dizer que ela é mais forte que pensava [momento da foto] ela agradece sua mãe por tudo... Só que, como se já não bastasse, nesta mesma noite sua mãe morre repentinamente...

Bem.. Acho que não preciso nem comentar que chorei o filme inteiro, sério gente, eu chorei durante todo o filme.. É muito triste e muito real.. Talvez não sejam todos que conhecem bem a dor de ter perdido alguém especial em sua vida, alguém que você sonha em ter ao seu lado e por um momento desconhecido, tudo se perde e vira pó.. Sonhos e planos jogados fora em segundos. Eu sei muito bem como é isto e posso afirmar que é uma das piores dores do mundo, me senti no lugar dela durante um bom tempo, e talvez tenha sido por isto que as lágrimas insistiram em rolar. Mas quando ela perdeu a mãe, ai eu me senti como se o mundo estivesse acabado, gente, é muita dor, quando você espera da pessoa que é o seu apoio, a sua base, que você sabe que é ao lado desta pessoa que você vai tentar enfrentar o problema e se reerguer, então esta pessoa se vai...

Outro momento do filme me chamou atenção... Em um momento de tristeza e desespero, ela chega para a mãe e diz que em momentos de dor tudo o que precisamos é de um abraço.. Isto é tão verdade.. Às vezes a dor está tão grande que quando alguém te abraça e te deixa chorar parece que uma nuvem sai de cima de você e a sensação de alivio vem... Mas às vezes não temos ninguém para nos abraçar, e parece que a dor desta verdade só faz aumentar nosso sofrimento...

Então o que eu queria chamar a sua atenção através deste post é: Sempre se importe com a pessoa que está ao seu lado.. Às vezes ela pode estar passando por um momento de profunda tristeza e se você a abraçar, talvez as coisas melhorem... Precisamos ser mais solidários com o próximo, mesmo que não seja nossa forma padrão de comportamento, arrisque ser solidário, arrisque ser o amigo que alguém precisa.. Arrisque estar presente.. Arrisque ser humano!...

Beijos e uma ótima semana pra vocês.

Comentários

Clau disse…
Nooossa que lindo Sil!!! Se eu assisitir este filme bém vai ser chororô o filme todinho!! Não tô podendo não!! Rs
Mas o que vc escreve é mega interessante, pq para determinadas pessoas é tão complicado ser apenas humano? Com certeza nos faz pensar, muito.
Bjinhos e uma semana de paz para vc!!
Clau
♥ Fernanda disse…
Esse filme é lindo mesmo!
Uma linda semana...
bj
Gabriela disse…
No dia que esse filme passou, peguei ele já no final e agora, depois dessa sua descrição tão apurada, fiquei morrendo de vontade de assisti-lo...
Concordo, o que o mundo precisa mesmo são de pessoas solidárias.

Bj

Postagens mais visitadas deste blog

Família é Família... Agregados também!!!