Trocando as Bolas...

Depois de encarar um dia cheio de preguiça e de coragem (???).. Resolvi escrever e ver no que dava... Ontem fiquei fuçando na internet e abri vários blogs para conhecer o que se passava pela cabeça das pessoas... Assim como se passa na minha, como agora, e que resolvo escrever.

Pensei e percebi que a melhor coisa que eu fiz foi excluir minha conta no Orkut e no Facebook e me dedicar ao meu blog. Por uns e outros motivos, percebi que o Orkut não me trazia necessariamente qualquer benefício, afinal, os amigos/colegas sempre estarão por perto de um jeito ou de outro e também porque eu os exportei nos contatos do Gmail.

A questão é que eu percebi que quando eu acessava o Orkut, assim como eu acho que muita gente faz, eu começava a ver o que estava acontecendo com as outras pessoas, ou entrava nas contas, ou então via as atualizações, sei lá, acho que demorei muito tempo pra perceber que não trazia qualquer benefício fazer isto, e como exclui a conta do Orkut, resolvi e fiz o mesmo com a do Facebook.

Ontem, estava conhecendo vários outros blogs indicados por “Blogueiros” que já possuo algum tipo de contato e pude perceber que atrás destes Blogs que muitas pessoas acham besteira, há um mundo maravilhoso a ser descoberto.

Muitas vezes, como agora, escrevemos o que sentimos como frustrações, pensamentos, amor, amizade, dúvidas, idéias, lamentações, tristezas, enfim, são “n” os motivos que nos levam a escrever e quando o fazemos, um mundo se abre a nós e aos outros.

Quando você escreve, transmite a outra pessoa seus pensamentos, e quando você lê o que outras pessoas escrevem você sente os pensamentos destas. Muitas são as interpretações e até identificações. Decobrimos que no fundo somos todos iguais..

Nós choramos, rimos, cantamos, sonhamos, somos iguais entre nós.

Estou muito feliz por descobrir esta nova sensação, de encontrar no outro palavras que estão dentro de mim, por compartilhar com pessoas que eu nunca vi coisas que elas também sentem e de saber que neste meio somos companheiros e solidários.

A todos os que me acompanham ou irão me acompanhar e a todos que eu acompanho e irei acompanhar, muito obrigado por existirem e obrigado por todas as palavras que foram e que serão escritas.

Abraços,
Sil.

Comentários

Luna Sanchez disse…
Sil (tô íntima, já. Rs),

Deixei de ter Orkut há muito tempo. Na verdade, minha conta só durou algumas semanas. De verdade, nunca senti prazer naquilo, e a vida é tão cheia de possibilidades e também pode ser tão breve, para que a gente empregue tempo em coisas que só tomam tempo e não trazem satisfação, não acha?

Concordo contigo que o blog é diferente. A Blogosfera é vasta, há espaço para tudo e para todos, mas, como na vida, as afinidades se encarregam dos encontros agradáveis que acontecem por aqui.

Dois beijos,

ℓυηα
Emília disse…
Sil, concordo consigo, em muitas das reflexões que aqui tão bem expressa. Mas também o blog, que mantenho desde 2006, já me entusiasmou mais do que agora.No entanto continuo a gostar da oportunidade que ele me dá de interagir com outras pessoas. Se fosse apenas um exercício solitário, como um diário, já talvez o tivesse abandonado.Bjo.
Clau disse…
Oi Sil, tudo bem?
Eu senti essa energia no momento em que virei blogueira, meu blog me faz muito feliz!! Que bom que vc está descobrindo esse novo mundo, porque ele é uma delicia!!
Tem selinho no meu blog pra vc!
bjbjbj
Pois é pessoal...

Acho que estou descobrindo uma nova forma de viver em rede social... uma que tenha mais conteúdo e menos fofoca, inveja e coisas sem muito interesse...

Como seres humanos, aprendendo a viver de forma diferente.

Postagens mais visitadas deste blog

Família é Família... Agregados também!!!