Sobre Importâncias...

Um fotógrafo-artista me disse uma vez: veja que o pingo de sol no couro de um lagarto é para nós mais importante do que o sol inteiro no corpo do mar. Falou mais: que a importância de uma coisa não se mede com fita métrica nem com balança nem com barômetro etc. Que a importância de uma coisa há que ser medida pelo encantamento que a coisa produza em nós. Assim um passarinho nas mãos de uma criança é mais importante para ela do que a Cordilheira dos Andes. Que um osso é mais importante para o cachorro do que uma pedra de diamante. E um dente de macaco da era terciária é mais importante para os arqueólogos do que a Torre Eiffel. (veja que só um dente de macaco!) Que uma boneca de trapos que abre e fecha os olhinhos azuis nas mãos de uma criança é mais importante para ela do que o Empire State Building. Que o cu de uma formiga é mais importante para o poeta do que uma Usina Nuclear. Sem precisar medir o ânus da formiga. Que o canto das águas e das rãs nas pedras é mais importante para os músicos do que os ruídos dos motores da Formula 1. Há um desagero em mim de aceitar essas medidas. Porém não sei se isso é um defeito do olho ou da razão. Se é defeito da alma ou do corpo. Se fizerem algum exame mental em mim por tais julgamentos, vão encontrar que eu gosto mais de conversar sobre restos de comida com as moscas do que com homens doutos.

Manoel de Barros


Terminei de ler ontem o livro Memórias Inventadas - A Infância de Manoel de Barros, a princípio pensei até que seria um livro cheio daquelas poesias infantis, de fato são..r.s mas de uma forma diferente de interpretação... engoli o livro em 2 dias... mas foi ótimo... há muita coisa boa.. e o texto acima, não resisti e resolvi postar para conhecimento... foi o texto que mais me tocou em todo o livro.. expressa uma verdade muito pura...

Com o livro, comecei a pensar sobre a minha infância e estou pensando em descrevê-la para vocês mais para frente.. acho que é interessante quando somos grandes, pensarmos em fatos que ocorreram no passado com outros olhos.. coisas que agora damos mais valor e significância...

O livro é dica minha.. afinal, é uma leitura breve.. porém, com muito conteúdo!...

Bjinhos e uma ótima semana...

Comentários

Mário e Cris disse…
Gosto muito do Manoel de BArros. Achei esse seu post maravilhoso! Uma bela dica de leitura...
AMO música,vou passar lá no blog novo.
Agradecemos imensamente pela visita, estaou levando o seu link, ok?
Uma semana iluminada!
ricardo disse…
Sil, boa tarde,

Devia ter feito isso na semana passada quando conheci seu blog, mas ainda está em tempo...rs..

Minha querida, parabéns pela grata surpresa que me causou quando, mesmo sem querer me apresentou seu blog, sem querer porque no final do seu e-mail mais precisamente em sua assinatura eletrônica, tem o endereço do blog.

Adorei saber que conheço uma pessoa tão inspirada sensível e apaixonada como voce, a doçura e sensibilidade do seu blog são reflexos de voce mesma, com tanta sensibilidade não há barreiras que te impedem de ser feliz.

um grande beijo.
Ricardo.
Fran disse…
Selinho pra você lá no blog :)

Beeijão!
Silvania disse…
Adorei o texto...verdadeiro demais. Acho que é como aquela frase do pequeno príncipe: O essencial é invisível aos olhos...
BjO*

Ahhh, a Fran já te deu, mas já nem tinha visto, daí ja tinha postado no meu. Mas a intenção foi a mesma ta?
Du disse…
Adoro essas dicas de livros Sil, e eu nunca li Manoel de Barros, uma grande falha, pois adorei teu post!!! :D

Beijos, queridona!
Felipe MK disse…
Que Deus a abençoe! Adorei o blog! Visual limpo e palavras agradáveis! Parabéns! Aguardo sua visita no meu. Pretendo passar aqui mais vezes...

> Excelente dica de livro e o trecho muito bem escolhido mesmo!

> O Blog Música do Dia já visitei! Muito legal e uma ótima idéia mesmo!

Beijos!!
Luna Sanchez disse…
Hummmmmm...mudanças, que legal!

Sil,

Lendo o texto, lembrei do meu sobrinho, em seu aniversário de dois anos...quando o chamamos para abrir os presentes, ele disse, do seu jeitinho enrolado : "Me deixa brincar com as crianças mais um pouco, depois eu abro."

Achei tão lindo aquilo! Quem não se encanta frente a pacotes, caixas, laços? Mas ele, não. Preferiu a companhia dos amigos. Era mais importante, enfim.

* Consegui me tornar seguidora do teu blog musical, flor! ^^

Dois beijos de terça.

ℓυηα

Postagens mais visitadas deste blog

Família é Família... Agregados também!!!