Um de nós - Homenagem

Oi povo, como vão? Roubei um tempinho na hora do trabalho para escrever-lhes...

Como faço todo o fim de semana, separo músicas diferentes para ouví-las durante a semana no MP3. Esta semana inseri duas pastas nele, "Romantics" e "Michael Jackson". As romanticas eu roubei das músicas que separei para tocar no casamento da minha irmã em novembro e acrescentei algumas do meu gosto, como Baby Face, Boys2Men e Whitney Houston, um pouquinho de black [que aliás eu amo!!] não faz mal a ninguém...

Pois bem, desde ontem então, quando eu comecei a ouvir a linda voz desta cantora que na minha opinião é uma das melhores que temos, Whitney, fico cantando suas músicas. Acho que um dos melhores momentos de sua carreira foi quando ela fez o filme "O Guarda-Costas". Desde então, o que vem surgindo na mídia sobre ela são somente coisas ruins.

Aliás, o que sempre é dito em volta dos artistas, uso de drogas, brigas, problemas psicológicos, amorosos, etc. A mídia sempre vem encher de notícias mais ruins do que boas...

Alguém não pode se sentir triste? Sei que quando alguém tem depressão, o desejo de morte é absurdo, porém não é por conta da vida e sim por conta da tristeza. Vou explicar melhor, quando alguém em estado depressivo pensa em se matar, o que ele mais quer é viver feliz como sonhara e não do jeito que se encontra, então o desejo de morte vem para que ele deixa de se sentir mal, acabar com o sentimento de tristeza e coisa e tal.

Os artistas são e sentem como um de nós, eles são felizes, outros tristes, uns são ricos e outros loucos. Hoje eu os entendo melhor, entendo porque a Hhitney recorreu as drogas e porque o Michael Jackson gostava tanto de estar no meio de crianças, entre tantos outros artistas.

Portanto, queria deixar este pensamento registrado como uma homenagem a esta brilhante cantora, não fazer igual aos demais que apenas são lembrados e homenageados após a sua morte. Faço uma homenagem à Hhitney e desejo tudo de bom nesta tentativa de se levantar não apenas na carreira, mas também em sua vida...

Para compartilhar, também quero deixar a minha música favorita de hoje, dela, claro.. Diz muita coisa do que estou sentindo, me identifiquei e quero registrar aqui...

I Wanna Run To You

I know, that when you look at me / there`s so much that you just don't see, / but if you would only take the time, / I know in my heart you'd find / Oh! a girl who's scared sometimes, / who isn't always strong. / Can't you see the hurt in me, / I feel so all alone.

I wanna run to you. / I wanna run to you. / Won't you hold me in your arms / and keep me same from harm / I wanna run to you, / but if I come to you / Tell me, will you stay? / or will you run away?

Each day, each day I play the role / of someone, always in control, / but at nights, I come home and turn the key. / There's nobody there, no one cares for me, Oh! / What's the sense, of trying hard to find your dreams / without someone to share it with. / Tell me what does it mean.

Bjinhos a todos!!!

Comentários

Luna Sanchez disse…
Entendi o que quis dizer sobre a depressão e a vontade de morrer. Achei tão simples e direta a tua explicação, tão sincera, como se estivéssemos conversando cara a cara, tão natural.

Beijos de quarta-feira.

ℓυηα
Clau disse…
Sil, concordo plenamente com você! A mídia tem o poder de nos influenciar de forma negativa ou positiva. Meu filho está vidrado no Michael Jackson, assistimos um show dele de 1992 em Bucareste, a coisa mais linda, impressionante e emocionante que já vi dele, o que só me faz lamentar, profundamente que ele já não esteja mais aqui para que meu filho possa curti-lo melhor. Lamento profundamente que nos últimos anos ele tenha sido lembrado apenas como um "pedófilo", que eu, sinceramente, acredito que ele não era.
O mesmo digo da Whitney, pq não aproveitar o grandioso potencial que ela tem como artista? Não, a mídia só foca na depressão, na bebida, nas drogas, o que leva a pessoa a ficar cada vez mais depressiva, se drogar mais, ir cada vez mais rápido ao fundo do poço. Afinal, como você escreveu, somos todos humanos.
Muitos Beijinhos
Clau
Silvania disse…
Concordo em genero e grau...
Aliás, aquele sentimento quando se está em depressão, sei bem como é...vc acertou em cheio. E que bom seria que todos que sofrem com isso se curasse, infelizmente não é sempre assim...
Super beijo!

Postagens mais visitadas deste blog

Família é Família... Agregados também!!!