Poema de sete faces


Quando nasci, um anjo torto
desses que vivem na sombra
disse: Vai, Carlos! ser gauche na vida.

As casas espiam os homens
que correm atrás de mulheres.
A tarde talvez fosse azul,
não houvesse tantos desejos.

O bonde passa cheio de pernas:
pernas brancas pretas amarelas.
Para que tanta perna, meu Deus, pergunta meu coração.
Porém meus olhos
não perguntam nada.

O homem atrás do bigode
é sério, simples e forte.
Quase não conversa.
Tem poucos, raros amigos
o homem atrás dos óculos e do bigode.

Meu Deus, por que me abandonaste
se sabias que eu não era Deus,
se sabias que eu era fraco.

Mundo mundo vasto mundo
se eu me chamasse Raimundo
seria uma rima, não seria uma solução.
Mundo mundo vasto mundo,
mais vasto é meu coração.

Eu não devia te dizer
mas essa lua
mas esse conhaque
botam a gente comovido como o diabo.


Carlos Drummond de Andrade


PS.: Não me façam perguntas difíceis..r.s. só sei que este poema está na cabeça há uma semana.... "Mundo.. Mundo.. Vasto Mundo...".

Bjos

Comentários

Pâm disse…
que lindo o poema, adorei. :)
beeijo
' isaa * disse…
adoro drummond !
:D
beijos !
Luna Sanchez disse…
Claro, flor, sem perguntas, apenas o prazer de ler e suspirar, já que "vastos são nossos corações". ^^

Beijos.

ℓυηα
Thays Petters disse…
Drummond. sempre ele!
Fran disse…
Tenho mó orgulho dele ser gaúcho como a Fran :)
Lindo poema!

Beeijos!
Juliano disse…
pergunta meu coração.
Porém meus olhos
não perguntam nada.

Lindo de mais né.!

Drummond Sabia o que dizia.

Beijoooos
Luna disse…
ô, e nem precisa justificar nêga.

Mundo mundo vasto mundo,
mais vasto é meu coração.

e mais vasto é o teu, querida.
que nos permite vir aqui suspirar.

beijos imensos.
Fran disse…
Sil, se tudo der certo a gente se enconta no fim de semana do dia 23 agora :):) [torce por mim, mulher]
Eo ENEM é no 1°fim de semana de dezembro eo meu aniversário é na quinta- feira seguinte da prova [ que presentaço neh?!]
Obrigada pela preocupação amada!

Beeijos!
é muito bom voltar aqui..
Parabens pelo post, belo blog.
Tenha um ótimo dia,
Maurizio
Moni disse…
esse poema é realmente lindo!!! drumond é td de bom! beijos
Silvania disse…
Poema lindo...
Ah, adorei o post anterior...mas a verdade é que muitas vezes só damos valor a algo quando perdemos...pior é quando não se pode voltar atraz...
Ontem eu e ele ficamos chateados um com o outro, mas foi coisa besta, pensei que ele não ia me ligar, meis hora o cel toca, enquanto ele falava eu ficava pensando: A gente ja ta distante, daí por uma coisa besta eu vou ficar questionando? Ficando com raiva?? Aí caí no choro, choro de saudades e de saber aproveitar cada momento, mesmo que seja pelo celular, se esse é um dos nossos meios de comunicação, tenho q aproveitar com algo que construa, não que destrua...daí o assunto que não sai das nossas conversas voltou: Casório! Minha noite de sono foi muito mais tranquila... ;)
Desculpa te encher com minhas coisas ta?? É que me sinto a vontade pra isso, rsrs
BjO*
"Mundo mundo vasto mundo,
mais vasto é meu coração."

Maravilhoso isso, né? E é verdade...quando a gente acha que o coração está transbordando de amor, ainda há espaço suficiente para mais e mais.

Querida, não se preocupe, há mesmo um porque para tudo. Há sempre um motivo para cada uma das coisas que nos acontecem, e para a entrada de cada pessoa em nossas vidas.

Confie, um dia você vai olhar para trás e compreender o porquê de cada uma das coisas que hoje te afligem.

Beijos! ;)
Julianita' disse…
Muito lindo oq o grande Drummond poetisou.

Beijos&meliga, é um recurso muito usado dos modernos conquistadores baratos.. hahahahaha
Meus amigos que usam isso.. (:

Que bom que eu sou nova né.. e tenho muito oq viver. E, sofrer mais de amor.. hehe
Mas, guria tu tbm é nova. Não é velha coroca nada! hahahah

Beeijos.
Jéssica Trabuco disse…
Sem perguntas então! (:

"Eu não devia te dizer
mas essa lua
mas esse conhaque
botam a gente comovido como o diabo."

Gostei dessa parte ^^
Déia disse…
Esse poetinha é tão fofinho, né?

Adorei.. sem perguntas rs

bj
Bárbara disse…
Adoro os poemas dele!Me fazem refletir sobre minhas atitudes sem dar broncas em mim mesma... ótima escolha para o post!
Beijoos
Maria Fernanda disse…
eu fico com a música que tu pôs em meu blog.

Caiu como luva. Chorei como criança.
Julianita' disse…
Poiseh, a vida segue. (:

beijos.
Olá, flor!

Poxa, estou boba...10 anos? Caramba... imagino o quanto já sofreu, mas também imagino o quanto já deve ter se sentido feliz por causa desse amor que vai e vem, caso contrário, não sentiria algo tão forte por ele.

Querida, torço muito por ti, e que essa montanha russa se estabilize lá no alto, para que você possa ser bem feliz! ;)

Um beijão!
Marcelo Novaes disse…
Silvia,




Esses balanços-de-vida são periódicos. Virão outros. Dará para pesar o que fez e o que não fez. E não fazer certas coisas também pode ser uma (boa!) escolha...



Esse negócio de dizer: "Só me arrependo do que NÃO FIZ" é clichê de entrevistado de programa de televisão. A gente aprende com as duas coisas: com o fazer, e com o não-fazer. E quem não "mudaria nada do que fez", simplesmente não aprende também nada com o tempo.





Beijos, e bons saldos!






Marcelo.
Anônimo disse…
É um encanto seu cantinho!!!

um bjo flor ^^

Postagens mais visitadas deste blog

Família é Família... Agregados também!!!