Liberdade, Libertar-se, tudo isto!

Algo muito  me intriga no processo de formação de idéia sobre determinado assunto. Hoje mesmo estou me questionando sobre um assunto que está sendo bem difícil para mim defini-lo internamente. Liberdade.

O que é liberdade para uns e o que é liberdade para outros? Liberdade é o mesmo que libertação?

Liberdade sempre é o sonho de todo homem. Poder fazer o que quiser e na hora que quiser sem dar satisfação aos pais, parentes ou esposa. Isto sim é que é vida!... Ou então, para a mulher é poder sair com os colegas sem ter que dar satisfação aos pais ou mesmo ter que informar com quem vai e que horas pretende chegar. É poder comprar o que quiser sem ter de dar satisfação a ninguém.

Mas, será que estes são os únicos conceitos que temos sobre liberdade? Livre escolha dos pensamentos e atitudes?

Acho que não e acho que o buraco é mais embaixo. Vejamos..
- Como você se liberta de uma idéia que está fixa em sua mente?
- Como você se liberta de um sentimento que nutre por outra pessoa e que você não quer ou não pode mais se relacionar?
- Como você se liberta de um desejo incontrolável de abrir mão de tudo e ir atrás de um sonho?
- Como você se liberta de uma preocupação que está latejando nos seus pensamentos?
- Como você se liberta de uma dívida que você não consegue pagar?
- Como você se liberta de um filho que não pediu para nascer, mas que você simplesmente não pode abandonar (não é justo)?
- Como você se liberta de uma situação a qual não pediu ou pensou em se envolver?
- Como nos libertar dos conceitos entre o certo e o errado independentemente da ética, moral ou leis?

Será que somos realmente livres e temos condições de nos libertar e agir como quisermos sem ter que responder por isto?

Acho que não, acho que no fundo a liberdade é limitada a cada um de nós, somos marionetes de um sistema superior e que nos diz que temos liberdade quando o que mais experimentamos é uma sensação de incapacidade de poder agir da forma que achamos conveniente, de fazer, comprar, abraçar, agradar, trabalhar, descansar, festejar, orar, se alegrar, ser feliz e ter paz.

Em resumo, não somos realmente livres como a justiça nos prega. Somos mais presos do que muitos que estão dentro de uma cadeia sofrendo com a falta de liberdade.

Isto justifica os erros? Não, porque muitas vezes o conceito que temos sobre ética e moral não está na mente de muitos, ou eles são simplesmente ignorados uma vez que meus desejos são passados acima dos desejos e direitos alheios.

Em fim, me junto aos milhões de pensadores que já disseram isto há muito tempo e que muita gente ignorou:

A LIBERDADE É UMA VERDADEIRA UTOPIA.

Se você discorda disto, conte-me seus pensamentos a este respeito.

Comentários

Déia disse…
Oiiiiiiiiiiiiiiii

Muita gente se perde qdo está com excesso de liberdade rs
bj

Postagens mais visitadas deste blog

Família é Família... Agregados também!!!