Você realmente gosta de escrever?

Quando eu comecei a escrever aqui no Blog, meu pensamento era um só, precisava expor o que sentia para não explodir. Sem saber, com o passar do tempo, que a escrita é considerada uma forma de evitar a depressão,  uma vez que você acaba expondo de forma externa seus pensamentos.

O hábito de ler e escrever realmente é algo que me dá prazer, mas fico em dúvida se isto é um pensamento unânime. Ultimamente confesso que tenho estado mais ligada ao LinkedIn do que ao Facebook e observo o quanto há pessoas que escrevem por lá. 

Infelizmente é fácil identificar dois tipos de pessoas, aquelas que gostam de escrever do que conhecem e sabem que a ferramenta em si é excelente para poder demonstrar este diferencial, mas também tem aquelas pessoas que não escrevem necessariamente algo sobre questões profissionais, mas querem escrever mais e mais artigos para ter mais e mais curtidas. Ah.. quase me esqueci que também tem uns e outros que não escrevem, mas copiam os artigos de revistas e/ou outros escritores e revistas e publicam como sendo um artigo próprio, mas após isto registram ao término do item a fonte. 

Eu sou uma escritora, é verdade que não me sinto tão sábia a ponto de escrever mais e mais artigos no LinkedIn ou mesmo querer concorrer a um pequeno quadro em qualquer um tipo de revista ou site (muito embora queira muito um dia poder fazer isto), mas aqui estou para expor meus pensamentos e vejo que há muitas pessoas que ainda comparecem à estas páginas mesmo depois de todo o bum que as demais ferramentas de redes sociais oferecem.

Não sei se há pessoas como eu que escreve aqui da mesma forma, infelizmente não tenho muito tempo - depois que virei mãe - para acessar outros locais como estes, mas pelo menos um pouco do tempo para escrever aqui eu tiro porque me faz bem.

E a mensagem no final que eu gostaria de passar neste post é esta, que se você realmente gosta de escrever, escreva. Escreva do que realmente sabe, ou escreva do que realmente gosta, mas não escreva em lugar de outras pessoas ou querendo alcançar algum tipo de estratégia. Faça porque gosta, não porque quer agradar alguém ou alcançar um objetivo. Quando você faz o que o gosta, seus objetivos e ideais se realizam e a sensação é ótima.

Um grande abraço aos que me leem e obrigada por voltarem e observarem as minhas breves palavras destes pensamentos que voam aqui na minha mente e que meus dedos se veem enlouquecidos em registrá-los aqui.

Até..

Comentários

Thomaz Ribeiro disse…
Escrever é bom, porque faz com que a gente materialize um mundo que está fervilhando em nossa cabeça. Já tive alguns problemas com plágio ou com pessoas que pegaram meus textos na íntegra e não me deram crédito. Não entendo realmente porque alguém se dá a esse trabalho, pois se eu o fizesse, minha consciência gritaria comigo.
Sil disse…
Oiiii
Sabe, nem ligo...rs
Pra ser bem sincera, nem tenho muito tempo para isto.
Confesso que se um dia ver isto ocorrer, vou ficar em dúvida se ficarei chateada ou se ficarei feliz por alguém ter visto e gostado do meu texto o suficiente de compartilhá-lo.
Melhor deixar o pensamento voar.. :)

Postagens mais visitadas deste blog

Família é Família... Agregados também!!!