Eu prometo...

Gente..

Li este texto hoje.. e achei mais que lindo.. achei real e necessário... Espero que gostem...


Dito no juramento sagrado

"Em maio de 98, escrevi um texto em que afirmava que achava bonito o ritual do casamento na igreja, com seus vestidos brancos e tapetes vermelhos, mas que a única coisa que me desagradava era o sermão do padre:

"Promete ser fiel na alegria e na tristeza, na saúde e na doença, amando-lhe e respeitando-lhe até que a morte os separe?"

Acho simplista e um pouco fora da realidade.

Dou aqui novas sugestões de sermões:

Promete não deixar a paixão fazer de você uma pessoa controladora, e sim respeitar a individualidade do seu amado, lembrando sempre que ele não pertence a você e que está ao seu lado por livre e espontânea vontade?

Promete saber ser amiga(o) e ser amante, sabendo exatamente quando devem entrar em cena uma e outra, sem que isso lhe transforme numa pessoa de dupla identidade ou numa pessoa menos romântica?

Promete fazer da passagem dos anos uma via de amadurecimento e não uma via de cobranças por sonhos idealizados que não chegaram a se concretizar?

Promete sentir prazer de estar com a pessoa que você escolheu e ser feliz ao lado dela pelo simples fato de ela ser a pessoa que melhor conhece você e portanto a mais bem preparada para lhe ajudar, assim como você a ela?

Promete se deixar conhecer?

Promete que seguirá sendo uma pessoa gentil, carinhosa e educada, que não usará a rotina como desculpa para sua falta de humor?

Promete que fará sexo sem pudores, que fará filhos por amor e por vontade, e não porque é o que esperam de você, e que os educará para serem independentes e bem informados sobre a realidade que os aguarda?

Promete que não falará mal da pessoa com quem casou só para arrancar risadas dos outros?

Promete que a palavra liberdade seguirá tendo a mesma importância que sempre teve na sua vida, que você saberá responsabilizar-se por si mesmo sem ficar escravizado pelo outro e que saberá lidar com sua própria solidão, que casamento algum elimina?

Promete que será tão você mesmo quanto era minutos antes de entrar na igreja?

Sendo assim, declaro-os muito mais que marido e mulher: declaro-os maduros."


Mário Quintana ou Marta Medeiros

Vi em um site a referência do Mário Quintana, porém estão me dizendo que é de Marta Medeiros... para não desapontar ninguém, cito os dois...rs..

Comentários

Maiçá Chaves disse…
Ai..tmb acho que esses juramentos deveriam mudar..
eu quero esse pro meu ó:
"Promete que a palavra liberdade seguirá tendo a mesma importância que sempre teve na sua vida, que você saberá responsabilizar-se por si mesmo sem ficar escravizado pelo outro e que saberá lidar com sua própria solidão, que casamento algum elimina??
"


lindo texto Sil!
saudades de vim aqui sabia?
bjos
' isaa * disse…
ameei, lindo demais *-*
Gilmara S. disse…
O Mário disse tudo!!!

Ah, eu tb estou a espera desse alguem q vc disse no meu blog sim..
vamos então, uma dando forças a outra p seguirmos em frente, ao nosso objetivo!
Bjo e ate a próxima atualização!
eu casarei. sem promessas.
só acreditando mesmo que o amor reciproco é a unica segurança que eu terei.

lindo seu blog.

beijos.
Fran disse…
Amada, acho que o site indicou o autor errado, essa crônica é da Martha Medeiros [tenho certeza absoluta].
E é realmente muito linda *-*
Bom fim de semana!

Beeijos!
♥ Fernanda disse…
Deixando um beijo e um lindo fim de semana...
Anônimo disse…
Gurizada,

A Fran tem razão, esta bela crônica é da nossa insuperável e talentosa Martha Medeiros.

Abraço

Figue
Pronto...
Agora está meio corrigido..rs.rs.

Mas ainda não sei quem o Anônimo chamou de gurizada??..

Hunf!!

rs..

Bjos
Márcia Amaral disse…
lindo, perfeito aqui, to seguindo okay, bjs
Du disse…
Oi querida!!!
Este texto está mais para Martha Medeiros, não lembro, mas tenho quase certeza que é dela.
É lindo mesmo e muito mais real, né?

Vim pra te dizer que vou ficar fora durante uma semana, vai ser uma pausa necessária e urgente. Mas vim te deixar um beijo no coração antes de ir.
Fica bem, eu volto logo!
Luna Sanchez disse…
Sil,

Já vi esse texto com créditos do Mário e da Martha, também...

As palavras são perfeitas, acho que a intenção, ao tomar-se a decisão de partilhar a vida com alguém, tem que ser essa, mesmo. Não acho que seja fácil, muito pelo contrário, mas é essencial.

Dois beijos de final de semana, queridona. ^^

ℓυηα
Bárbara disse…
Adorei o texto!Não sei de quem é mas o estilo está mais para Martha Medeiros mas não sei...
Tem um selo lá no blog que se vc quizer pegá-lo fique a vontade!
Bjoo =)
Clau disse…
Lindo texto mesmo!!!
Querida tem selinho pra vc no meu blog.
bjs

Postagens mais visitadas deste blog

Família é Família... Agregados também!!!